Categoria: Geral Data: 25/02/2019

AGENTE PENITENCIÁRIO DEMITIDO INJUSTAMENTE PROVA INOCÊNCIA APÓS 14 ANOS

Durante 10 anos, Douglas Lopes, ex-agente penitenciário, prestou serviços na PEL 1. Em 2004 ele foi acusado de ter fornecido a arma utilizada por ladrões no roubo de um trator, perto do município de Tamarana. Em 2005 foi exonerado em virtude do ocorrido, e agora, 14 anos depois, teve declarada sua inocência pelo Tribunal de Justiça do Estado do paraná.

A acusação foi feita por um detento, que já tinha estado sob custódia de Douglas. O detento apresentou três versões para o roubo, e por fim, disse que mentiu porque foi torturado por policiais e que assinou papéis que não leu. 

O Advogado de Douglas, Mário Barbosa, teve que produzir provas para que o processo chegasse ao fim e Douglas fosse inocentado. Agora Barbosa pede ao Estado que o mesmo seja reintegrado ao trabalho. Superar os traumas e erguer a cabeça será o começo de uma nova história.

Compreenda o caso através dos olhos da repórter Lívia de Oliveira:

https://tarobanews.com/noticias/parana/agente-penitenciario-demitido-injustamente-prova-inocencia-apos-14-anos-ZXpOV.html?fbclid=IwAR0upkquRWvSelQXqKsaf_VhedDBDZYsRlFSuV8hogGMp5jlKlO8LZw53tU